Jayme Reis

Jayme Damasceno dos Reis, 1958, Itabira – MG.

É um artista plástico singular, procura criar a partir do sensível, mas sempre com a dimensão do hoje, do aqui, agora. Sempre atento ao seu entorno, deixa fluir em sua obra elementos plásticos do mundo que o cerca, tal qual ocorreu com a grande invenção de seus barcos em sua passagem por Florianópolis.

Leia maisRead more

Ou mesmo na influência do popular e das tradições religiosas em um de seus exílios, que se deu no interior de Minas, no arraial de Piedade. Jayme Reis se traduz também em um poeta das letras, como podemos sentir nos escritos que se apresentam no seu depoimento de vida e arte. Em seu texto apresenta a sua trajetória e as possibilidades encontradas ao longo de sua formação artística, que se deu em seu dia-a dia, característica de um artista autodidata.

Um autor inquieto, mas a cada dia com maior condição de ocupar e dizer ao mundo o seu idioma, sua arte de fazer e transcriar a linguagem do cotidiano.

O artista recolhe fragmentos de madeira, resíduos de redes, sucatas navais e outros objetos abandonados por pescadores, e com eles constrói suas peças.